5 hábitos diários para prevenção da halitose

5 hábitos diários para prevenção da halitose

Ter mau hálito é uma condição desagradável tanto para a pessoa que sofre do problema, quanto para as pessoas ao seu redor. A halitose pode ter várias origens, mas é gerada principalmente pela presença de doenças periodontais como gengivite e periodontite, bem como por estomatites ou a partir da presença de cáries nos dentes. Confira alguns hábitos para a prevenção da halitose.

Principais causas do mau hálito:

Alimentos

A decomposição de partículas dentro e ao redor dos dentes pode aumentar a quantidade de bactérias e causar um odor desagradável. E alguns alimentos em particular, como cebola e alho, podem causar mau hálito, uma vez que após a digestão eles entram na corrente sanguínea, são transportados para os pulmões e afetam a nossa respiração.

Tabaco

O cigarro e outros produtos do tabaco produzem um cheiro desagradável na boca, mas também favorecem a doença das gengivas, que são outra fonte de halitose.

Higiene inadequada

Se você não escovar os dentes e usar o fio dental diariamente, haverá partículas que permanecerão na boca e produzirão mau hálito. A falta de escovação gera a placa, que irrita a gengiva e que pode decorrer em uma periodontite.

Dentaduras

Quando não higienizadas de maneira apropriada, ou ainda aquelas que não se encaixam bem, as dentaduras podem deixar bactérias e partículas de alimentos que causam odor.

Medicamentos

Alguns medicamentos contribuem para o ressecamento da boca e indiretamente causam mau hálito. Outros liberam substâncias químicas que são transportadas para a respiração, podendo acarretar halitose.

Infecções na boca

O mau hálito pode ser causado por feridas cirúrgicas após a cirurgia oral, como a remoção de um dente, ou devido a cáries, doenças das gengivas ou feridas na boca.

Para evitar o desenvolvimento de doenças periodontais que podem causar a halitose incorpore os seguintes hábitos em sua rotina diária:

1 . Escove os dentes duas vezes por dia

Escove os dentes por dois a três minutos pelo menos de duas vezes por dia. É muito importante escovar os dentes antes de dormir também. Você pode tentar realizar uma escovação adicional com bicarbonato de sódio para reduzir a acidez da boca e impedir o crescimento das bactérias que causam o mau hálito.

2. Use o fio dental diariamente

O uso do fio dental removerá restos de comida entre os dentes, que você não conseguirá alcançar com a escova. Se os restos de comida não forem removidos, as bactérias começarão a se alimentar deles, o que causará mau hálito.

3. Escove ou raspe a língua

Para eliminar qualquer resíduo que possa se acumular entre as papilas gustativas e as dobras da língua, invista em uma ferramenta chamada raspador de língua, disponível nas farmácias. Se você não tem um raspador de língua, use a sua escova de dentes.

4. Coma uma maçã ou uma cenoura

A maçã ou a cenoura, quando consumidas cruas e com cascas, realizam uma espécie de raspagem dos dentes que complementa a ação de limpeza do fio dental. Dessa forma, impede o acúmulo de bactérias e livra de possíveis odores indesejados.

5. Beba bastante água

Certifique-se de hidratar-se para evitar a boca seca. A água auxilia a manter o odor sob controle, pois ajuda a arrastar partículas de alimentos e bactérias, que são a principal causa do mau hálito. Se você sofre de boca seca crônica ou toma medicamentos que secam a boca, converse com seu dentista.

Mas lembre-se, a melhor maneira de garantir uma boa higiene bucal é visitando o dentista regularmente. Se você sofre de mau hálito crônico, primeiro deve visitar o dentista para descartar qualquer problema dentário.

Redes Sociais:
Facebook
Facebook
Instagram