post-title Três passos simples para produzir menos lixo

Três passos simples para produzir menos lixo

Três passos simples para produzir menos lixo

Três passos simples para produzir menos lixo

O lixo é um problema ambiental para todos nós.
No Brasil anualmente são produzidas mais de 78 milhões de toneladas. Uma soma que ultrapassa a marca de 230 mil toneladas por dia. Os números chamam atenção para a necessidade de começarmos a pensar na situação de forma mais consciente. O lixo em decomposição pode gerar substâncias tóxicas dez vezes mais poluentes do que o esgoto, e quando descartado de forma irregular, pode atingir lençóis freáticos contaminando o solo e a água.

O que será que podemos fazer em nossas casas e em nosso dia a dia para contribuir com a preservação do meio ambiente?

1. Compre menos e com mais qualidade 

Nossos hábitos de consumo levam a geração de uma quantidade considerável de resíduos. É sempre bom repensar todos os itens que compramos para a nossa casa.
Comprar produtos alimentícios a granel, ou de pequenos produtores, já é um bom começo. Além de reduzir o desperdício de comida, você vai economizar dinheiro e desenvolver escolhas inteligentes para a sua alimentação.
Além disso, em nossas visitas ao mercado podemos utilizar uma ecobag, a famosa sacola reutilizável, e recusarmos as plásticas descartáveis que a maioria dos estabelecimentos oferece.
Optar por produtos com embalagens reutilizáveis ou que possuem refil também prevenirá um bom montante de lixo. Nossas próprias roupas podem ser customizadas, aumentando a vida útil de cada peça e evitando o descarte.

2. Invista em compostagem

Restos de verduras, cascas de frutas, leite ou legumes. Já imaginou que estes produtos são grandes aliados para você desenvolver sua própria horta? Apesar de muito desperdício que acontece pelo mundo, a prática da compostagem ganha cada vez mais adeptos. O método consiste em transformar restos de alimentos em adubo, que pode ser usado em uma horta doméstica ou mesmo no jardim.
Fazer compostagem doméstica é um belo passo em direção à sustentabilidade. Ao reaproveitarmos restos de alimentos como adubo, quebramos o ciclo vicioso do desperdício e temos como resultado um adubo de excelente qualidade e custo muito baixo.

3. Recicle com consciência

Uma sacola plástica demora muito tempo para se decompor na natureza. O mesmo vale para latinhas, ou até o vidro, que pode levar séculos para sumir de vez. Quando reciclamos o vidro, provemos uma economia de minérios.
Se o assunto são as latinhas, a reciclagem de uma única peça economiza energia para deixar uma televisão ligada por 3 horas.
Se economizarmos papel, reduziremos o corte de árvores. E muito mais além, cada tonelada de papel reciclado chega a economizar 20 mil litros de água.
Quando compreendemos que cada tipo de resíduo tem um destino diferente, podemos transformar uma fonte de degradação do meio ambiente em uma solução econômica e social, gerando empregos e lucro.

Pensar com seriedade no problema do lixo e adotar atitudes verdes é apostar no futuro. Vamos preservar?

Compartilhe:
Facebook
Facebook
Twitter
Instagram

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *